13 de fev de 2010

Virou deserto?

Relembrei esta palavra que o Senhor me deu e gostaria de compartilhá-la.

Foi uma meditação em Cantares 2:1: “Eu sou a Rosa de Sarom e o lírio dos vales”.
Segundo o Dicionário da Bíblia, Sarom era o nome do território compreendido entre Jope e o Carmelo na costa do mediterrâneo, e que penetra até as montanhas de Samaria.
Era uma região fértil conforme relato em Isaias 35:2, (Abundantemente florescerá... a excelência do Carmelo e Sarom), porém foi convertida em deserto quando devastada pelos inimigos, conforme relatado em Isaias 33:9 (A terra geme pranteia...Sarom se tornou como um deserto).
É nessa terra desértica e devastada pelo inimigo que florescia a linda e perfumada rosa de Sarom.
Então, o Espírito Santo falou comigo:

Nossa vida deveria ser em todos os seus aspectos, um território verdejante e de maravilhosas pastagens, todavia muitas vezes deixamos brecha, não fazemos a devida proteção dele e então o inimigo, que veio para destruir, faz a sua maligna obra, e transforma aquele paraíso num deserto.
Assim pode acontecer, com o relacionamento com o cônjuge, com os filhos, com a empresa ou o emprego e com o ministério.
Fomos chamados para ter vida abundante, mas de repente tudo vira um deserto seco e sem água.
Quantos crentes reconhecem que suas vidas, no aspecto material, ou no espiritual, ou quase sempre em ambos uma vez que um abismo atrai outro, transformaram-se em um grande deserto, e nem sabem como ele veio a se formar.
Quando olham, de um momento para o outro o vale fértil virou deserto.
Mas, para o meu consolo, o meu Senhor falou ao meu coração, que é exatamente no deserto em que aquela terra magnífica se transformou, que foram criadas as condições propícias para que germinasse e crescesse a mais bela e perfumada flor, que é a rosa de Sarom.
Esta linda flor, nasce num dos solos mais pobres que pode existir, a areia.
Assim é a nossa vida.
O diabo mente ao falar que quando erramos e a nossa vida veio a se transformar em um tenebroso deserto, tudo acabou.
Mentira!
Ele é o pai da mentira, pois é exatamente nesse deserto que estão as mais propícias condições para germinar, nascer e crescer a Verdadeira Rosa de Sarom, com sua beleza e perfume.
Sim, no solo mais pobre e destruído é que veremos surgir a beleza e o perfume do Senhor Jesus. Ele nasce exuberante ali, independente do solo pobre do nosso coração.
As condições são propícias, pois solo rico não é o melhor lugar para tal rosa.
Faltam-lhe nutrientes.
Para conforto nosso, se tudo estiver destruído, ou se reconhecermos que o solo de alguma área de nossa vida tornou-se desértico e pobre, deixemos o Senhor Jesus florescer nele.
Ele vai dar beleza e perfume ao lugar, e enquanto nos deliciamos em contemplar a Sua beleza e em sentir o Seu perfume, Ele vai transformar nosso deserto em terra fértil novamente.
Amém??
Beijo no coração.

3 Comments:

Flor said...

Eu preciso mais de Deus na minha vida, hoje nesse momento estou passando por uma tristeza incontrolável..li suas postagens e adorei...sou sua seguidora..bju obrigada...

mary said...

Ola Ines!
que texto mai abençoado este da rosa de sarm..
palavras sábias, que refrigera nossa alma!
Amei!!
Deus seja contigo amiga..lhe dando sempre sabedoria e discernimento, conhecimento para que vc seja uma serva abençoada para todos que precisam de uma luz..que vc seja essa luz para mostrar Jesus!

bjaumm
mary

marco.guisard said...

Olá Ines!
Primeiramente obrigado por me ter convidado para conhecer este teu blog.
Eu sou um eterno apaixonado por tudo que me faça crescer e compartilhar com o próximo.
Estas músicas são magníficas e suas mensagens oportunas e profundas, são pessoas como vc que fazem realmente a diferença.
Deus abençõe a vc e todos os seus.