28 de jun de 2014

Como está o roteiro de sua vida?

Acredito que cada pessoa vive, consciente ou inconscientemente, um roteiro que recebeu de alguém.
A questão é: quem escreveu seu roteiro de vida?

Quando Jesus encontrou a samaritana junto ao poço, o roteiro de vida daquela mulher, era, basicamente: “Mulher decadente, vivendo em pecado, escondendo-se da sociedade”.
Jesus a encontrou, onde ela estava, e lhe deu um novo roteiro: “Mulher corajosa, feliz com a vida, conversando com todos os amigos, sustentando novos movimentos”.
E aí?
Já parou pra pensar QUEM escreveu seu roteiro de vida?
Pensa em mudá-lo?
Tem coragem para isso?
Por onde você vai começar? Que tal orar e falar com Deus?


26 de jun de 2014

Você sabe usar a ESPADA?

“Na casa do amor existem dez mil espadas, Não tenha medo de usar uma delas.” by Rumi
Fica muito claro para mim que o que segura as pessoas e as impede de dizer ‘não’, é algo que precisa ser desfeito: uma falsa crença, um ‘compromisso’ perturbador, um relacionamento doentio.
Mas como humanos tendemos a nos apegar ao que é familiar, mesmo que isso nos puxe para baixo.
Tenho certeza de que se você reservar tempo para, com calma e tranquilidade, pedir em oração: “O que eu tenho de desfazer em minha vida?”, a resposta virá.
A questão é: você está disposto(a) a cortar de sua vida seja lá o que for?
Jesus o ensinará a usar a espada.
• O que deve ser desfeito/cortado em sua vida?
• Você está disposto a fazer isso?
• Imagine, por cinco minutos, como será ficar livre dessa servidão.
• Imagina essa coisa que o escraviza ou que o amarra como se fosse uma coisa ruim, tentando envolvê-lo pela perna e puxá-lo para um pântano. Com que prontidão e força você reagiria?
• Porque você não está agindo assim agora?

Inês Bär - Personal and Professional Coach


25 de jun de 2014

Você sabe dizer "não"?

Sabe?
Temos que aprender como e quando dizer NÃO, além de cultivar a disciplina de dizer “não”.
Pelo fato de vivermos em uma época de infinitas oportunidades, em que “toneladas de diamantes” acham-se por toda parte debaixo de nossos pés, precisamos ser capazes de compreender o que pegar e o que deixar de lado...
Jesus é meu exemplo e Ele compreendeu isso (e demonstrou esse conceito) ao deixar o seu martelo na carpintaria e pegar o cajado... ser carpinteiro era uma atividade que fazia muito bem, mas existia algo maior e exclusivo que poderia realizar melhor do que ninguém!


Seguiu em direção a esta “ocupação” e o mundo nunca mais foi o mesmo!
Tenha coragem de dizer NÃO e assuma o que arde em seu coração!